O QUE É SEGURANÇA PÚBLICA?

Todos os dias, ao ligar a televisão, o cidadão depara-se com noticiários abarrotados de violências de todos os tipos, principalmente ocasionados pelo uso da arma de fogo.

. Um absurdo. Eu quero aqui mais uma vez falar claramente sobre a questão do armamento por parte dos malfeitores e confesso que continuo sem entender o porquê de o Senhor Presidente Bolsonaro encontrar o caminho do uso da arma por parte do cidadão como solução para a sua defesa. O correto é o desarmamento com lei seca ao uso da arma de fogo. Eu estou falando da retirada da arma de fogo das mãos dos malfeitores, visto que não tem como o cidadão andar armado para se defender, porque ele já começa em desvantagem, pois, o malfeitor já vem pra cima dele de arma em punho, disposto a matar ou morrer, sendo que nesse caso ele mata, não morre porque o cidadão não está preparado maldosamente para enfrenta-lo. Agora, vou colocar alguns detalhes importantes em prol de todo e qualquer cidadão, se a arma de fogo fosse radicalmente retirada das mãos dos bandidos:

– toda e qualquer pessoa poderia andar usando despreocupadamente o seu celular pelas ruas sem o risco de não só perder o aparelho como também perder a vida quando do roubo do mesmo;

– todo e qualquer comerciante trabalharia despreocupado no seu dia a dia juntamente com a sua equipe de colaboradores;

– estaríamos mais tranquilos dirigindo o nosso veiculo, e não seriamos surpreendidos num assalto e ou roubo do mesmo por malandros apontando uma arma de fogo;

São diversas situações de pessoas que não só perdem bens materiais como a vida por conta do uso da arma de fogo e não cabe aqui eu descrever os diversificados casos de violência por conta do uso da máquina destruidora.

 Cabe lembrar ao Senhor Presidente Bolsonaro, que ele está vivo porque o ataque por ele sofrido foi por uma arma chamada faca, mas, se o agressor estivesse com uma arma de fogo, será que ele estaria hoje presidente do País?  

Agora, veja quão importante seria a lei seca ao uso da arma de fogo:

  1. Diminuiria sepultamentos com cemitérios mais disponíveis a outras causas;
  2. Famílias não estariam abandonadas quando da perda do seu arrimo de sustentação;
  3. Cadeias e presídios não estariam com superlotação;
  4. O governo gastaria menos na alimentação de presos;
  5. O governo não gastaria fortunas com a construção de presídios;
  6. O governo não gastaria fortunas na preparação e ou formação de pessoal para segurança publica;

E muitas outras tragédias se evitariam não fosse o uso da famigerada máquina destruidora de vidas.

 

admin

Aposentado, com residência fixa em Salvador/Bahia, tem como hobby colecionar filmes antigos e também músicas antigas, gosta de ler e escrever, colocando em prática os seus pensamentos de forma crítica, teórica e sugestiva. Se é obrigado a votar, tem o direito de tecer comentários sobre os acontecimentos do dia a dia em seu País, visto que “quem não exerce seus direitos não é digno deles “(Rui Barbosa) .

Website: http://Blogdomendes.com

Fale alguma coisa... é importante.